Blog

mind-body-connection

A conexão entre saúde física e mental

A conexão mente-corpo descreve a relação entre nossa saúde física e mental. Cuidar de ambos os aspectos pode melhorar significativamente nosso bem-estar.

Muitos de nós pensamos na mente e no corpo como duas coisas separadas e até as tratamos individualmente, consultando um médico para problemas físicos e um terapeuta para questões mentais. No entanto, os cientistas estão encontrando cada vez mais correlações entre os dois.

Uma mente saudável faz seu corpo funcionar melhor, e um corpo saudável melhora seu bem-estar mental. Juntas, essas duas áreas criam uma unidade chamada conexão mente-corpo. A conexão mente-corpo é uma subcategoria avaliada no MHQ (Quociente de Saúde Mental). Cuidar dessa relação tão importante pode melhorar significativamente nosso bem-estar geral.

Uma conexão mente-corpo saudável permite a você:

  • Dormir bem e acordar se sentindo descansado(a)
  • Coordenar os movimentos do corpo (ex.: coordenação visomotora)
  • Ter a energia mental, emocional e física necessárias para realizar suas tarefas diárias
  • Controlar seus hábitos alimentares para manter um peso estável e saudável
  • Lidar com o estresse de uma forma produtiva

Por outro lado, se tiver pontuação baixa em conexão mente-corpo, você pode:

  • Ter tosse, resfriados ou infecções frequentes
  • Apresentar sintomas físicos (ex.: problemas digestivos) sem causa física aparente
  • Sofrer doenças crônicas ou dores frequentes
  • Sentir cansaço e exaustão
  • Ter menos desejo sexual

Entenda a conexão mente-corpo

A mente e o corpo interagem de muitas maneiras. Por exemplo, existe uma relação bidirecional entre a saúde gastrointestinal e a saúde mental, regulada através do eixo intestino-cérebro. Isso significa que seu estado mental pode influenciar sintomas físicos no seu sistema digestivo e, vice-versa, sua saúde gastrointestinal pode influenciar seu estado mental.

Outras evidências também sugerem uma importante ligação entre o funcionamento imunológico e a saúde mental, especialmente envolvendo os sintomas de humor característicos de transtornos como a depressão. Essa conexão também tem uma natureza bidirecional, ou seja, assim como o estado mental pode afetar o funcionamento imunológico, também seu funcionamento imunológico pode influenciar seu estado mental.

Além disso, nossa forma de pensar, responder ao estresse e lidar com problemas de saúde física, podem afetar a conexão mente-corpo.

Por exemplo, as pessoas podem responder de forma muito diferente aos mesmos estressores. Uma pessoa pode encarar uma crítica ao seu trabalho como um desafio para melhorar seu desempenho ou provar que a crítica está errada, enquanto outra pode reagir a comentários semelhantes com autodepreciação e preocupação constante com possíveis críticas futuras. Isso, por sua vez, pode levar a um aumento do ritmo cardíaco, dores de cabeça ou uma alimentação pouco saudável.

Outro exemplo são pessoas que sofrem de dores crônicas de causa física. Se elas forem capazes de aceitar a dor como um inconveniente enquanto se esforçam para melhorar sua saúde geral, é mais provável que esta melhore com o tempo. Por outro lado, se ficarem frustradas, ressentidas e irritadas com a dor, esses pensamentos e sentimentos podem piorá-la e aumentar sua frequência. A frustração pode então impedi-las de seguir tratamentos e adotar comportamentos mais saudáveis.

O estresse constante, problemas emocionais e uma visão negativa da vida em geral também podem aumentar a pressão arterial, prejudicar o sistema imunológico e até encurtar a expectativa de vida.

Como melhorar minha Conexão Mente-Corpo?

Mudar sua maneira de lidar com problemas emocionais e físicos é uma das medidas mais eficazes para melhorar sua saúde geral. Se você tiver dificuldades em outras áreas do bem-estar, como humor e perspectiva, tratá-las também pode ser benéfico.

Certos tipos de terapia, como a terapia cognitivo-comportamental (TCC), podem ajudar você a mudar padrões negativos de pensamento que afetam seu bem-estar mental e a cuidar melhor da sua saúde física.

Outros fatores básicos para o bem-estar geral incluem uma alimentação saudável, sono de qualidade e exercícios regulares. Cuidar do corpo protege a mente: vários estudos mostram que o exercício pode ser eficaz para aliviar a depressão em algumas pessoas. Além dos muitos benefícios físicos que já conhecemos, o exercício também pode melhorar as conexões entre as células nervosas, fazendo com que o cérebro funcione melhor.

Muitos estudos também indicam os benefícios das práticas de atenção plena, que podem ajudar a reestruturar o cérebro e melhorar sua reação ao estresse. Pessoas que praticam a atenção plena com frequência relatam menos reatividade, melhor capacidade de responder a situações difíceis e menos estresse em geral, mesmo que suas circunstâncias não tenham mudado.

Se você estiver sofrendo sintomas graves, é importante procurar um profissional de saúde. Falar com um terapeuta pode ajudar você a lidar com questões de saúde mental e, ao mesmo tempo, cuidar melhor da sua saúde física.

Há várias opções para promover sua conexão mente-corpo. Muitas atividades combinam aspectos físicos e mentais, como yoga, dança, tai chi chuan ou simples caminhadas. Se você tiver acesso reduzido a atividades devido a medidas de distanciamento social na sua área, procure aulas pelo Zoom ou vídeos de exercícios on-line ou pense em atividades novas que possam ser praticadas dentro das suas possibilidades. Agora talvez seja o momento mais importante para cuidar bem da sua saúde física e mental.