Blog

Drive and Motivation

A realização dos nossos sonhos e objetivos depende da nossa Iniciativa e Motivação

A iniciativa e a motivação determinam nossa capacidade de atingir objetivos. Para reforçá-las, cultive seus interesses e identifique fatores que possam limitar seu potencial de ação.

Qual é o principal objetivo que você já alcançou? Algumas pessoas têm uma resposta rápida para essa pergunta: a conclusão de um curso superior, criação dos filhos ou compra de uma casa. Outros exemplos podem ser menos óbvios, como correr uma maratona, aprender a tocar um instrumento musical ou superar uma doença ou lesão.

Nenhuma dessas tarefas é fácil, e as pessoas não as realizam simplesmente vivendo um dia após o outro e esperando algo acontecer. Alcançar um objetivo requer interesse ou necessidade, persistência, curiosidade, energia e motivação. A disposição e a capacidade de dar todos os passos necessários em direção às nossas metas constituem a iniciativa e a motivação.

Iniciativa e Motivação é uma das subcategorias avaliadas no MHQ (Quociente de Saúde Mental) do Projeto Saúde Mental de Milhões. Ter iniciativa e motivação saudáveis significa ser capaz de:

  • Iniciar e persistir em tarefas e atividades difíceis até concluí-las
  • Ter curiosidade, entusiasmo e interesse pelo mundo ao seu redor
  • Superar desafios e distrações que atrapalham a realização dos seus objetivos

Na vida, todos nós temos tarefas que não concluímos por uma razão ou outra. Mas se você tem uma dificuldade crônica para cumprir metas e projetos, alguns fatores podem estar limitando sua iniciativa e motivação. Por exemplo:

  • Circunstâncias pessoais (como problemas pessoais em casa ou problemas coletivos na sua comunidade ou região)
  • Traumas recentes ou passados que causam angústia ou distração
  • Problemas de saúde física que causam distração ou desânimo
  • Vícios que consomem seu tempo, como dependência de substâncias, videogames ou jogos de azar

O que fazer

Se você estiver insatisfeito com sua iniciativa e motivação, tente determinar o que está acontecendo e se você precisa de ajuda. Por exemplo, muitas pessoas com problemas de depressão têm pouca motivação. Uma das perguntas mais comuns que os terapeutas fazem aos clientes é se eles perderam o interesse nas coisas em que antes tinham prazer. Conversar com um médico ou terapeuta sobre esses sentimentos pode ajudar a identificar o que está acontecendo e encontrar o ponto de partida para resolver o problema.

Cuidar de outros aspectos do bem-estar também pode ajudar a melhorar sua iniciativa e motivação. Por exemplo, tanto o humor e a perspectiva quanto a conexão mente-corpo têm uma relação clara com a iniciativa e a motivação.

Se você tiver uma pontuação negativa em iniciativa e motivação no MHQ, deve entrar em contato com um médico ou terapeuta qualificado que poderá ajudar você a avaliar a situação e determinar o que está ocorrendo. Se estiver pensando em cometer suicídio ou algum ato de violência, entre em contato com um serviço de emergência perto de você, bem como um médico ou terapeuta, e ligue para o CVV (Centro de Valorização da Vida) no telefone 188 para obter suporte especializado.

Ver artigo relacionado: MHQ negativo: um sinal para buscar atendimento médico.

Como aumentar sua Iniciativa e Motivação

Se você quiser manter ou melhorar sua iniciativa e motivação, recursos não faltam. A maior parte da indústria da autoajuda e do coaching gira em torno desse conceito.

Muitas pesquisas têm se concentrado na importância da motivação interna (intrínseca) e externa (extrínseca). Segundo Stefano Di Domenico e Richard Ryan, dois pesquisadores da psicologia positiva, as pessoas motivadas a partir de dentro “se envolvem em uma atividade porque a consideram interessante e gratificante em si mesma”. Já os indivíduos motivados por fatores externos concluem uma atividade porque querem “obter uma recompensa, evitar uma punição ou alcançar algum resultado valorizado por outros”.

Por exemplo, Sandra pode ter a motivação interna para aprender um novo idioma porque adora linguística, mas ser motivada externamente para continuar em um emprego do qual não gosta porque precisa pagar as contas. A maioria dos especialistas concorda que precisamos tanto da motivação intrínseca quanto da extrínseca para ter sucesso em nossos objetivos de vida, embora alguns acreditem que as motivações intrínsecas sejam mais importantes.

Para tentar aumentar sua motivação interna para tarefas que você acha tediosas, experimente associar tarefas de curto prazo menos desejáveis às suas metas de longo prazo. Por exemplo, não faltar àquele emprego de que você não gosta pode ajudá-lo a obter uma recomendação para um emprego melhor. Pode ser útil lembrar disso quando você estiver entediado ou desanimado na sua mesa. Da mesma forma, tirar a nota mínima necessária para passar em uma disciplina como Estatística pode ajudar a obter o diploma de Psicologia que você deseja, mesmo que Estatística pareça totalmente irrelevante.

Todos nós  sentimos falta de iniciativa e a motivação. Uma distração ou mudança de foco de vez em quando é normal. Mas se isso é um problema frequente e se você gostaria de aumentar sua pontuação no MHQ, vale a pena identificar suas motivações intrínsecas e o que pode estar limitando sua capacidade de ação.